Redução da transferência de calor para o interior do veículo

  • Debora Dias Centro Universitário Internacional Uninter
  • Crislaine Viana Centro Universitário Internacional Uninter
  • Marcos Baroncini Proença Centro Universitário Internacional Uninter

Resumo

O conforto térmico no interior do veículo é a razão da indispensabilidade do sistema de ar-condicionado em um país tropical como o Brasil. Porém, o uso do ar-condicionado aumenta em média 10% o consumo de combustível. Para minimizar este problema foi realizado um estudo, para utilizar o PET reciclado como revestimento térmico no interior do veículo, visando melhorar o conforto térmico e diminuir o consumo de combustível. Para a definição do material, realizaram-se testes utilizando recipientes com as mesmas dimensões, material e condições de temperatura. O PET picotado teve um valor muito próximo ao EPS; ambos tiveram um ótimo resultado em relação à condução térmica. Pensando em logística reversa, optou-se por seguir com o PET para o desenvolvimento de um revestimento interno para o veículo; desenvolveu-se junto ao fornecedor um feltro de PET picotado que, testado nas mesmas condições anteriores, teve um resultado superior ao dos materiais iniciais. A próxima etapa da pesquisa será a sua implantação no veículo, em cujo teto será aplicado o feltro de PET, para comprovar a sua eficiência, verificar uma possível alternativa de utilização para o PET e redução do impacto ambiental causado por ele.

Palavras-chave: condução térmica; logística reversa; inovação.

Abstract The thermal comfort inside the vehicle is the reason for the indispensability of the air conditioning system in a tropical country such as Brazil. However, the use of air conditioning increases fuel consumption by an average of 10%. To minimize this problem, a study was carried out to use recycled PET as a thermal coating inside the vehicle, aiming to improve thermal comfort and reduce fuel consumption. To define the material, tests were carried out using containers with the same dimensions, material, and temperature conditions. The perforated PET had a value very close to the EPS; both had an excellent result in relation to thermal conduction. Thinking about reverse logistics, it was decided to continue with PET for the development of an internal coating for the vehicle; a perforated PET felt was developed with the supplier, which, tested under the same conditions as before, had a better result than the initial materials. The next stage of the research will be its implantation in the vehicle, on whose roof the PET felt will be applied, to prove its efficiency, verify a possible alternative use for PET and reduce the environmental impact caused by it.

Keywords: thermal conduction; reverse logistics; innovation. 

Resumen

El confort térmico en el interior del vehículo es la razón de la indispensabilidad del sistema de aire acondicionado en un país tropical como Brasil. Sin embargo, el uso del aire acondicionado aumenta en media 10% el consumo de combustible. Para minimizar ese problema, se realizó un estudio para utilizar el PET reciclado como revestimiento térmico en el interior del vehículo, tratando de mejorar el confort térmico y disminuir el consumo de combustible. Para la selección del material, se realizaron pruebas utilizando recipientes con las mismas dimensiones, material y condiciones de temperatura. El PET picado obtuvo un valor muy cercano al EPS; ambos produjeron un resultado óptimo en materia de conducción térmica. Pensando en logística reversa, se optó por seguir con el PET para el desarrollo de un revestimiento interno para el vehículo; se desarrolló, junto al proveedor, un fieltro de PET picado que, probado en las mismas condiciones anteriores, obtuvo un resultado superior al de los materiales iniciales. La siguiente etapa de la investigación será su implantación en el vehículo, en cuyo techo se pondrá el fieltro de PET, para comprobar su eficiencia, verificar una posible alternativa de utilización para el PET y reducción del impacto ambiental causado por él.

Palabras-clave: conducción térmica; logística reversa; innovación.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Baroncini Proença, Centro Universitário Internacional Uninter

Professor do Centro Universitário Internacional Uninter.

Referências

ALVES, L. Vender carro é apenas mais uma obrigação da indústria automotiva Auto Data, 2021. Disponível em: https://www.uol.com.br/carros/colunas/autodata/2021/09/21/vender-carro-e-apenas-mais-uma-obrigacao-da-industria-automotiva.htm. Acesso em: 24 set. 2021.

COELHO, M.C.J. Energia e fluidos: Transferência de calor. São Paulo: Blucher, 2016.

LEITE, V. O que a sigla ESG quer dizer sobre uma empresa? Nubank, 2020. Disponível em: https://blog.nubank.com.br/esg-o-que-e/. Acesso em: 22 set. 2021.

MERLUZZI, O. Como está o ESG no setor automotivo. Portal Carsughi, 2021. Disponível em:https://carsughi.uol.com.br/2021/07/como-esta-o-esg-no-setor-automotivo-brasileiro/. Acesso em: 20 set. 2021.

REDAÇÃO PENSAMENTO VERDE. 5 problemas causados pelas garrafas PET que evidenciam a importância da reciclagem, Pensamento Verde, 2017. Disponível em: https://www.pensamentoverde.com.br/reciclagem/5-problemas-causados-pelas-garrafas-pet-que-evidenciam-importancia-da-reciclagem/. Acesso em: 30 set. 2021.

SZIGETHY, L; ANTENOR, S. Resíduos sólidos urbanos no Brasil: desafios tecnológicos, políticos e econômicos. IPEA, 2021. Disponível em: https://www.ipea.gov.br/cts/pt/central-de-conteudo/artigos/artigos/217-residuos-solidos-urbanos-no-brasil-desafios-tecnologicos-politicos-e-economicos. Acesso em: 07 out. 2021.

Publicado
2022-02-21
Seção
Artigos