Proposta de implantação de um sistema de gestão em uma fábrica de sacolas

  • Alysson Diógenes Universidade Positivo
  • Jair Ribeiro Gomes dos Santos Neto
  • Julio Cesar de Carvalho Prestes
  • Ricardo Augusto Ribeiro Farias

Resumo

O trabalho a seguir é um estudo de caso da aplicação de melhorias no processo produtivo de uma empresa de embalagens, que fabrica sacolas plásticas para várias cidades do Brasil, com maior atuação no estado do Paraná. A proposta consiste na análise dos processos gerenciais da empresa, por via das ferramentas mapeamento de fluxo de valor e o formulário A3, as quais estão inseridas na filosofia de gestão Lean manufacturing. Como ferramentas auxiliares, serão utilizadas os 5 Porquês, 5W2H e Diagrama de Ishikawa. A gerência da empresa autorizou o tempo e pessoas requeridos para levantamentos e análises das necessidades de melhoramento; a partir do estudo, percebeu-se que as alterações devem ser focadas nas padronizações dos processos e atividades da fábrica. Isso quer dizer que as ações propostas incidirão principalmente nos pilares-base da empresa. Uma vez aprovada a proposta e implantadas as ações, a empresa aumentará a satisfação dos seus clientes e haverá um crecimento significativo na performance da produção, o que se perceberá através do indicador de rendimento operacional da fábrica.

Palavras-chave: Lean manufacturing; mapeamento de fluxo de valor (MFV); processos gerenciais; ações propostas; performance; rendimento operacional.

Abstract

The following work is a study case on the application of improvements in the production process of a packaging company, which produces plastic bags for several cities in Brazil, with greater performance in the state of Paraná. The improvement proposal consists of the analysis of the company's management processes, through the value flow mapping and A3 form tools, which are inserted in the Lean manufacturing philosophy. As auxiliary tools, the 5 whys, 5W2H, and Ishikawa Diagram will be used. The management of the company authorized the time and people required for surveys and analysis of improvement needs; from the study, it was noticed that the changes should be focused on the standardization of the processes and activities of the factory. This means that the proposed actions will focus mainly on the company's base pillars. Once the proposal is approved and the actions are implemented, the company will increase customer satisfaction and there will be a significant increase in production performance, which will be realized through the factory's operating income indicator.

Keywords: Lean manufacturing; value stream mapping (VSM); management processes; proposed actions; performance; operational income.

Resumen

El trabajo a continuación es un estudio de caso de aplicación de mejoras en el proceso productivo de uma empresa de embalajes, que produce bolsas plásticas para varias ciudades de Brasil, sobre todo del estado de Paraná. La propuesta consiste en el análisis de los procesos gerenciales de la empresa, por medio de las herramientas mapeo de cadena de valor y el método A3, las cuales están previstas en la filosofía de gestión Lean manufacturing. Como herramientas auxiliares se utilizarán los 5 Por qués, 5W2H y el diagrama de Ishikawa. La gerencia de la empresa autorizó el tiempo y las personas requeridos para la recopilación y análisis de las necesidades de mejoras; realizado el estudio, se pudo constatar que los cambios deben estar dirigidos a la uniformización de procesos y actividades de la fábrica. Eso quiere decir que las acciones propuestas incidirán básicamente en los cimientos de la empresa. Una vez aprobada la propuesta e implantadas las acciones, aumentará la satisfacción de los clientes y habrá un crecimiento significativo en la performance de la producción, lo que se percibirá por medio del indicador de rendimiento operacional de la fábrica.

Palabras-clave: Lean manufacturing; mapeo de la cadena de valor (MFV); procesos gerenciales; acciones propuestas; performance; rendimiento operacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alysson Diógenes, Universidade Positivo

Doutor em Engenharia Mecânica. Universidade Positivo.

Jair Ribeiro Gomes dos Santos Neto

Engenheiro de Produção. Universidade Positivo.

Julio Cesar de Carvalho Prestes

Engenheiro de Produção. Universidade Positivo.

Ricardo Augusto Ribeiro Farias

Engenheiro de Produção. Universidade Positivo.

Referências

ANTUNES, J; ALVAREZ, R. Sistemas de produção: conceitos e práticas para projeto e gestão da produção Enxuta. Porto Alegre: Bookman, 2008.

BASTOS, M. Ferramentas da Qualidade. Matriz Gut. In: Portal Administração, 31 jan. 2014. Disponível em: http://www.portal-administracao.com/2014/01/matriz-gut-conceito-e-aplicacao.html. Acesso em: 28 maio 2020.

BEHR, A.; MORO, E. L. da S.; ESTABEL, L. B. Gestão da biblioteca escolar: metodologias, enfoques e aplicação de ferramentas de gestão e serviços de biblioteca. Ciência da Informação, Brasília, v. 37, n. 2, 2008. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/1210. Acesso em: 10 jun. 2020.

BICHENO, J. The New Lean Toolbox. Buckingham: Picsie Books, 2004.

BORTOLOTTI, T.; BOSCARI, S.; DANESE, P. Successful lean implementation: organizational culture and soft lean practices. International Journal of Production Economics, Elsevier, v. 160 (C), 2015. Disponível em: https://ideas.repec.org/a/eee/proeco/v160y2015icp182-201.html. Acesso em: 21 maio 2020.

BROCKE, J. V.; HAMMER, M. R. Manual de BPM: gestão de processos de negócio. Porto Alegre: Bookman, 2013.

CORREIA, K.S.A; ALMEIDA, D.A de. Aplicação da técnica de mapeamento de fluxo de processo no diagnóstico do fluxo de informações da cadeia cliente-fornecedor. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 27., 2002, Curitiba. Anais [...]. Curitiba: ABEPRO, 2002.

DAYCHOUM, M. 40 ferramentas e técnicas de gerenciamento. Rio de Janeiro: Brasport, 2011.

FABRIS, Caroline Bertinatto. Aplicação das ferramentas da qualidade em um processo produtivo em uma indústria de ração. 2014. 73 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado Engenharia de Produção) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira, 2014.

FERRO, J. Quem somos. In: Lean Institute Brasil. 2014. Disponível em: http//www.lean.org.br/o_que_somos.aspx. Acesso em: 26 maio 2020.

GHINATO, P. Elementos fundamentais do sistema Toyota de produção. In: ALMEIDA, Adiel T; SOUZA, Fernando M.C. (org.). Produção & Competitividade: aplicações e inovações. Recife: Universidade Federal de Pernambuco UFPE, 2000.

HÉKIS, R; S., A; OLIVEIRA, I. Análise GUT e a gestão da informação para tomada de decisão em uma empresa de produtos orgânicos do Rio Grande do Norte. Revista Tecnologia, Fortaleza – CE, v. 34, n. 1-2, 2013. Disponível em: http://periodicos.unifor.br/tec/article/view/4485. Acesso em: 04 maio 2020.

IBGE. Demografia das empresas e estatísticas de empreendedorismo. Rio de Janeiro: IBGE, 2017. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/economicas/comercio/22649-demografia-das-empresas-e-estatisticas-de-empreendedorismo.html?=&t=o-que-e. Acesso em: 10 jun. 2020.

ISHIKAWA, K.; Controle de qualidade total: à maneira japonesa. Rio de Janeiro: Campos, 1993.

LIKER, J.; FRANZ, J. O modelo Toyota de melhoria contínua. São Porto Alegre: Bookman 2013.

LEAN INSTITUTE BRASIL. Mapeamento do fluxo de valor (VSM). Estado atual e futuro. Disponível em: https://www.lean.org.br/conceitos/72/mapeamento-do-fluxo-de-valor-(vsm)---estado-atual-e-futuro.aspx. Acesso em: 10 jun. 2020.

MONDEN, Y. Sistema Toyota de Produção. Uma abordagem integrada ao Just-In-Time. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2015.

MOREIRA, M. P.; FERNANDES, F. C. F. Avaliação do mapeamento do fluxo de valor como ferramenta da produção enxuta por meio de um estudo de caso. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (ENEGEP), 2001, Salvador. Anais [...]. Rio de Janeiro: ABEPRO, 2001.

MOREIRA, DANIEL. Administração da produção e operações. 2. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2011.

OHNO, T. O sistema Toyota de produção. Além da produção em larga escala. Porto Alegre: Bookman, 1997.

O QUE É FLUXO DE VALOR e como aplicá-lo em sua empresa. In: Lean Blog, Londrina/Maringá – PR, 04 set. 2018. Disponível em: https://terzoni.com.br/leanblog/fluxo-de-valor/. Acesso em: 20 jun. 2020.

PAIM, R.; CARDOSO V.; CAULLIRAUX, H.; CLEMENTE, R. Gestão de processos: pensar, agir e aprender. Porto Alegre: Bookman, 2009.

PALADINI, E. P. et al. Gestão da qualidade: teoria e prática. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2012.

PSCHEIDT, T. Proposta de melhorias no fluxo de valor de uma família de

produtos de uma pequena empresa do ramo moveleiro. 2011. Monografia (Engenharia de Produção e Sistemas) - Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Joinville, SC, 2011.

ROTHER, M.; SHOOK, J. Learning to See. Value Stream Mapping to Add Value and Eliminate Muda. MA, USA: The Lean Enterprise Institute, 1998.

SEBRAE. Sobrevivência das empresas no Brasil. Brasília: Sebrae, 2016. Disponível em: https://m.sebrae.com.br/Sebrae/Portal%20Sebrae/Anexos/sobrevivencia-das-empresas-no-brasil-102016.pdf. Acesso em: 10 jun. 2020.

SHINGO, S. O Sistema Toyota de produção: do ponto de vista da engenharia de produção. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 1996.

SHOOK, J. Gerenciando para o aprendizado: usando um processo de gerenciamento A3 para resolver problemas, promover alinhamento, orientar e liderar. São Paulo: Lean Institute Brasil, 2008.

SINFIC - Sistemas de informação industriais e consultoria. A história do Lean Manufacturing. 2007. Disponível em: http://www.sinfic.pt/SinficWeb/displayconteudo.do2?numero=24869.

Acesso em: 20 maio 2020

SLACK, N.; CHAMBERS, S.; JOHNSTON, R. Administração da produção. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

SLACK, N. et al. Administração da produção. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2015.

SOBEK II, D.K.; SMALLEY A. Entendendo o pensamento A3: um componente crítico do PDCA da Toyota. Porto Alegre: Bookman, 2010.

WEISS, A.E. Key business solutions: essential problem-solving tools and techniques that every manager needs to know. Grã-Bretanha: Pearson Education, 2011.

WERKEMA, C. Ferramentas estatísticas básicas para o gerenciamento de processos. Belo Horizonte: Werkema Editora, 1995.

WOMACK, J. P.; JONES, D. T. A mentalidade enxuta nas empresas. Elimine o desperdício e crie riquezas. 6. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

WOMACK, J, P; JONES, D, T; ROOS, D. A máquina que mudou o mundo. 5. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1992.

Publicado
2021-09-28
Seção
Artigos