Inteligência política aplicada à gestão da representação de interesse: a produção legislativa da Câmara Municipal de Curitiba sobre a pessoa em situação de rua (2017-2020)

  • Audren Azolin
  • Luiz Fernando Moraes
  • Letícia Batista Mathias
  • Beatriz Gracia de Souza Longo

Resumo

Este artigo analisa a inteligência política como ferramenta metodológica aplicada à gestão da representação de interesse de grupos vulneráveis, para monitoramento das agendas política e social. A combinação dessas agendas permite avaliar o ambiente político-institucional, além de possibilitar a identificação e avaliação das proposições legislativas de risco potencial e/ou favoráveis a esses grupos; assim, os interesses poderão ser representados de maneira mais eficiente nos espaços de decisão política, antes de se tornarem lei. O objetivo da investigação é, então, antecipar riscos e oportunidades políticas; para tal,  examinamos a produção legislativa da Câmara Municipal de Curitiba sobre a pessoa em situação de rua, realizada entre 2017 e 2020. Já os objetivos específicos do estudo são: 1) apresentar a referida ferramenta voltada à pessoa em situação de rua, a partir da produção legislativa; e 2) revelar, a partir de dados quantitativos, a importância da Ciência Política para a temática. Os resultados indicaram que a ferramenta é eficiente para a gestão da representação de interesses, mas depende da interdisciplinaridade entre a Ciência Política e as demais áreas do conhecimento.

Palavras-chave: monitoramento legislativo e político; agenda decisória; pessoa em situação de rua.

Abstract

This article analyzes political intelligence as a methodological tool applied to managing the interest representation of vulnerable groups, to monitor the political and social agendas. The combination of these agendas allows to assess the political-institutional environment, and enables the identification and evaluation of legislative proposals with potential risk and/or favorable for these groups; thus, interests will be able to be represented more efficiently in political decision-making spaces, before they become law. The purpose of this article is, therefore, to anticipate political risks and opportunities; to this end, we examine Curitiba City Council's legislative production on the homeless, between 2017 and 2020. The specific objectives are: 1) based on the legislative production, to present the methodological tool aimed at homeless people; and 2) to reveal, from quantitative data, the importance of Political Science for the presented theme. The results indicated that the application of the tool is efficient for managing the representation of interests; however, it depends on the interdisciplinarity between Political Science and other areas of knowledge.

Keywords: legislative and political monitoring; decision-making agenda; homeless people.

Resumen

Este artículo analiza la inteligencia política como herramienta metodológica aplicada a la gestión de representación de intereses de grupos vulnerables para monitoreo de la agenda política y social. La combinación de esas agendas permite evaluar el ambiente político-institucional, además de permitir la identificación y evaluación de las propuestas legislativas de risco potencial y/o favorables a esos grupos; de esa manera, los intereses podrán ser representados de manera más eficiente en los espacios de decisión política, antes de constituirse en ley. El objetivo de la investigación, entonces, es anticipar riesgos y oportunidades políticas; para ello, examinamos la producción legislativa del Concejo Municipal de Curitiba sobre la persona sin-techo, realizada entre 2017 y 2020.  Los objetivos específicos del estudio son: 1) presentar la referida herramienta dirigida a la persona sin-techo, a partir de la producción legislativa; 2) revelar, con datos cuantitativos, la importancia de la Ciencia Política en la temática. Los resultados indicaron que la herramienta es eficiente para la gestión de representación de intereses, pero depende de la interdisciplinaridad entre la Ciencia Política y demás áreas del conocimiento.

Palabras-clave: monitoreo legislativo y político; agenda de decisiones; persona sin-techo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Audren Azolin

Mestra em Ciência Política (UFPR), Professora nos Cursos de Bacharelado em Ciência Política e Relações Internacionais do Centro Universitário Internacional UNINTER

Luiz Fernando Moraes

Mestre em Sociologia (UFPR), graduado em Ciência Política pelo Centro Universitário Internacional UNINTER e Pesquisador.

Letícia Batista Mathias

Graduanda no Bacharelado em Ciência Política do Centro Universitário Internacional UNINTER.

Beatriz Gracia de Souza Longo

Graduanda no Bacharelado em Ciência Política do Centro Universitário Internacional UNINTER

Referências

AZOLIN, Audren; MORAES, Luiz Fernando Nunes; JÚNIOR, José Maurício Firmino dos Santos; FRANCO, Geissa Cristina. A Institucionalização da Ciência Política Brasileira no Século XXI: o Processo de Institucionalização pela Via do Mercado da Política. In: CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE CIÊNCIA POLÍTICA, 9., 2017, Montevidéu. Anais[...]. Montevidéu: Associação Latino-americana de Ciência Política (ALACIP), 2017.

AZOLIN, Audren Marlei. O ambiente político-institucional para os interesses das crianças e adolescentes: avaliando estrategicamente a produção legislativa na Câmara dos deputados no período 1990 –2019. Revista Humanidades em Perspectiva, Curitiba, v. 2 n. 4, 2020b. Edição Especial 30 anos do ECA. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/revista-humanidades/index.php/revista-humanidades/issue/view/4. Acesso em: 10 fev. 2021.

AZOLIN, Audren Marlei. Do lobby às relações governamentais: a profissionalização da representação de interesse no Brasil. 1. ed. Curitiba: Intersaberes, 2020b.

AZOLIN, Audren Marlei; MORAES, Luiz Fernando Nunes. O Índice de Representação Política de Interesse: uma ferramenta democrática. In: JORNADA DE PESQUISA E EXTENSÃO, 7., 2016, Brasília. Anais [...]. Brasília: Câmara dos Deputados, 2016. Disponível em: https://soac.camara.gov.br/index.php/Jornada/VIIJPE/paper/viewFile/153/28. Acesso em: 13 fev. 2021.

CURITIBA. Câmara Municipal de Curitiba. Sistema de Proposições Legislativas. Disponível em: https://www.cmc.pr.gov.br/wspl/system/LogonForm.do.

Acesso em: 10 dez. 2020.

KINGDON, John W. Como chega a hora de uma ideia? In: SARAIVA, Enrique; FERRAREZI, Elisabete (org.). Políticas Públicas: Coletânea. Brasília: ENAP, 2006. p. 219-224. v. 1.

ROEDEL, C. C. Risco Político. Revista Brasileira de Relações Institucionais e Governamentais, Brasília, ano 1, n. 2, p. 36-39, 2017. Disponível em: https://abrig.org.br/2a-edicao-revista-brasileira-de-relacoes-institucionais-e-governamentais. Acesso em: 15 set. 2018.

RUA, Maria das Graças. Políticas públicas. 3. ed. Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração – UFSC; Brasília: CAPES, 2014.

Publicado
2021-10-08
Seção
Artigos