Aspectos Gerais Do Lúpus Eritematoso Sistêmico

  • Jéssica Bellini Sandri
  • Guilherme C. De Vargas
  • Claudiane Isabel F. Araujo
  • Edineide Ribeiro Da Silva
  • Tiago S. Mildemberger
  • Stephanie Dynczuki Navarro
  • Camila Nunes De Morais Ribeiro
  • João Luiz Coelho Ribas

Resumo

O lúpus eritematoso sistêmico (LES) é uma doença inflamatória crônica, rara e de natureza autoimune, que oferece diversos riscos e limitações para os seus portadores. Uma das representações da doença é afetar múltiplas células sendo as principais as da pele, das juntas, do sangue e dos rins, podendo apresentar diversas complicações no decorrer da vida. Além disso, alguns estudos apontam que o LES pode afetar o sistema nervoso central (SNC), porém estas alterações não tiveram comprovações o suficiente para afirmação deste conteúdo. Os episódios de LES acometem principalmente pacientes do sexo feminino e a associação de fatores ambientais, hormonais e genéticos é indicada por sua etiologia. Objetivo: consiste em uma revisão de informações relativas aos aspectos clínicos do lúpus eritematoso sistêmico. Método: Busca de informações em bases científicas online, incluído apenas estudos realizados nos últimos 30 anos Conclusão: LES é uma doença de natureza autoimune, crônica e sua etiologia está ligada a uma herança genética e a fatores exógenos e suas manifestações clínicas variam. Os anticorpos mais analisados no lúpus são, geralmente, IgM ou IgG. Na suspeita da doença são utilizados critérios mundialmente estabelecidos pela American College of Rheumatology (ACR). Os pacientes com LES possuem uma considerável gama de tratamentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-10-24
Seção
Artigo