Processo de trabalho de enfermagem nas doenças inflamatórias intestinais

  • Clarissa Vasconcelos Silva de Souza

Resumo

O processo de trabalho em enfermagem é desenvolvido por atividades sequenciadas e sistematizadas objetivamente para identificar problemas existentes e potenciais do paciente, e intervir adequadamente. Tal metodologia de trabalho é denominada sistematização da assistência de enfermagem. Esta pesquisa investigou doenças inflamatórias intestinais e as inseriu no processo de trabalho dos enfermeiros a partir de levantamento bibliográfico em livros de referência da enfermagem e artigos relevantes para o estudo. Isto possibilitou traçar caminho para exercer o processo de trabalho específico para o grupo de interesse deste estudo.

Palavras-chave: processo de trabalho; enfermagem; doenças inflamatórias intestinais.

Abstract

The nursing work process is developed by objectively sequenced and systematized activities to identify existing and potential patient problems, and intervene accordingly. Such work methodology is called the systematization of nursing care. This research investigated inflammatory bowel diseases and inserted them into the nurses' work process based on a bibliographic survey in nursing reference books and articles relevant to the study. Thus, it was possible to trace the path to exercise the specific work process for the group of interest in this study.

Keywords: working process; nursing; inflammatory bowel diseases.

Resumen

El proceso de trabajo en enfermería se desarrolla por actividades secuenciadas y sistematizadas objetivamente para identificar problemas existentes y potenciales del paciente e intervenir de forma adecuada. Tal metodología de trabajo se denomina sistematización de la asistencia de enfermería. Esta investigación estudia enfermedades intestinales y las incluye en el proceso de trabajo de los enfermeros a partir de revisión bibliográfica en libros de referencia de la enfermería y artículos relevantes sobre el tema. Ello permitió definir un camino para el proceso de trabajo específico para el grupo de interés de este estudio.

Palabras-clave: proceso de trabajo; enfermería; enfermedades inflamatorias intestinales.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Clarissa Vasconcelos Silva de Souza

Graduada em Enfermagem - Universidade Federal de Sergipe.

Referências

APPOLINÁRIO, F. Metodologia da Ciência: Filosofia e Prática de Pesquisa. São Paulo: Pioneira Thomson Learding, 2006.

CAMBUI, Y. R. S.; NATALI, M. R. M. Doenças Inflamatórias Intestinais: Revisão Narrativa da Literatura. Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba, Sorocaba, v. 17, n. 3, p. 116-119, 2015.

CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM (COFEN). Resolução n.º 358, de 15 de outubro de 2009. Dispõe sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem e a implementação do Processo de Enfermagem em ambientes, públicos ou privados, em que ocorre o cuidado profissional de Enfermagem, e dá outras providências. Brasília: COFEN, 2009.

KAWAMOTO, E. E. Anatomia e fisiologia para enfermagem. 1. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2021.

MARANHÃO, D. D. de A.; VIERA, A.; CAMPOS de T. Características e diagnóstico diferencial das doenças inflamatórias intestinais. Jornal Brasileiro de Medicina, São Paulo, v. 103, n. 1, p. 9-15, 2015.

NETTINA, S. M. Prática de Enfermagem. 11. ed. São Paulo: Guanabara Koogan, 2021.

NISHIO, E. A.; FRANCO, M. T. G. Modelo de Gestão em Enfermagem: qualidade assistencial e segurança do paciente. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.

QUEVEDO, C.; SORLANDO, R.; GIMENEZ, F. V. M. Doença de Crohn e as possíveis contribuições da enfermagem. Revista Científica Eletrônica de Enfermagem da FAEF, Garça, v. 2, n. 2, 2019. Disponível em: http://faef.revista.inf.br/imagens_arquivos/arquivos_destaque/CBFOb0w5Rv1crtf_2019-11-12-21-31-27.pdf. Acesso em: 21 jan. 2022.

SANNA, M. C. Os processos de trabalhos em enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem (REBEN), Brasília, v. 60, n. 2, p. 221-224, 2007. DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-71672007000200018.

VAUGHANS, B. W. Fundamentos da Enfermagem Desmistificados. Porto Alegre: AMGH, 2012.

Publicado
2022-01-31
Seção
Artigo