Influência das emoções no processo de aprendizagem

Autores

  • Felype Marlon Mota e Silva CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER

Resumo

O tema das emoções no contexto da aprendizagem tem tido destaque. Elas estão na base da aquisição e apropriação do conhecimento. Sendo assim, neste artigo estudamos a importância de uma abordagem pedagógica com estruturação correta, que permita o surgimento de emoções positivas. Como método de trabalho, realizou-se pesquisa bibliográfica e exploratória, em textos de diversos autores. Os resultados evidenciaram a importância do manejo apropriado das emoções na educação, as consequências negativas de abordagens pedagógicas inadequadas e a relevância da participação efetiva dos sujeitos no processo de aprendizagem, como agentes ativos e transformadores. Concluímos que ações visando a criação de um ambiente emocionalmente saudável trazem bons resultados para o desenvolvimento acadêmico de crianças e jovens.

Palavras-chave: emoções; aprendizagem; emocional; conhecimento.

Abstract

The topic of emotions in the context of learning has been highlighted. They are the basis of the acquisition and appropriation of knowledge. Thus, in this article, we study the importance of a pedagogical approach with correct structuring, which allows the emergence of positive emotions. As a work method, we carried out a bibliographic and exploratory research, in texts by several authors. The results showed the importance of the appropriate management of emotions in education, the negative consequences of inadequate pedagogical approaches, and the relevance of the effective participation of the subjects in the learning process, as active and transforming agents. We conclude that actions aimed at creating an emotionally healthy environment bring good results for the academic development of children and young people.

Keywords: emotions; learning; emotional; knowledge.

Resumen

El tema de las emociones en el contexto del aprendizaje está sobre el tapete.  Ellas están en la base de la adquisición y apropiación del conocimiento. Por ello, en este artículo, estudiamos la importancia de un acercamiento pedagógico, con una estructuración pedagógica correcta, que haga aflorar emociones positivas. Como método de trabajo, se realizó una investigación bibliográfica y exploratoria en textos de diferentes autores. Los resultados resaltan la importancia del manejo adecuado de las emociones en la educación, las consecuencias negativas de enfoques pedagógicos inadecuados y la relevancia de la participación efectiva de los sujetos en el proceso de aprendizaje, como agentes activos y transformadores. Concluimos que acciones que pretendan crear un ambiente emocionalmente saludable producen buenos resultados para el desarrollo académico de niños y jóvenes.

Palabras-clave: emociones; aprendizaje; emocional; conocimiento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felype Marlon Mota e Silva, CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER

O tema das emoções no contexto da aprendizagem tem tido destaque. Elas estão na base da aquisição e apropriação do conhecimento. Sendo assim, neste artigo estudamos a importância de uma abordagem pedagógica com estruturação correta, que permita o surgimento de emoções positivas. Como método de trabalho, realizou-se pesquisa bibliográfica e exploratória, em textos de diversos autores. Os resultados evidenciaram a importância do manejo apropriado das emoções na educação, as consequências negativas de abordagens pedagógicas inadequadas e a relevância da participação efetiva dos sujeitos no processo de aprendizagem, como agentes ativos e transformadores. Concluímos que ações visando a criação de um ambiente emocionalmente saudável trazem bons resultados para o desenvolvimento acadêmico de crianças e jovens.

Palavras-chave: emoções; aprendizagem; emocional; conhecimento.

Abstract

The topic of emotions in the context of learning has been highlighted. They are the basis of the acquisition and appropriation of knowledge. Thus, in this article, we study the importance of a pedagogical approach with correct structuring, which allows the emergence of positive emotions. As a work method, we carried out a bibliographic and exploratory research, in texts by several authors. The results showed the importance of the appropriate management of emotions in education, the negative consequences of inadequate pedagogical approaches, and the relevance of the effective participation of the subjects in the learning process, as active and transforming agents. We conclude that actions aimed at creating an emotionally healthy environment bring good results for the academic development of children and young people.

Keywords: emotions; learning; emotional; knowledge.

Resumen

El tema de las emociones en el contexto del aprendizaje está sobre el tapete.  Ellas están en la base de la adquisición y apropiación del conocimiento. Por ello, en este artículo, estudiamos la importancia de un acercamiento pedagógico, con una estructuración pedagógica correcta, que haga aflorar emociones positivas. Como método de trabajo, se realizó una investigación bibliográfica y exploratoria en textos de diferentes autores. Los resultados resaltan la importancia del manejo adecuado de las emociones en la educación, las consecuencias negativas de enfoques pedagógicos inadecuados y la relevancia de la participación efectiva de los sujetos en el proceso de aprendizaje, como agentes activos y transformadores. Concluimos que acciones que pretendan crear un ambiente emocionalmente saludable producen buenos resultados para el desarrollo académico de niños y jóvenes.

Palabras-clave: emociones; aprendizaje; emocional; conocimiento.

Referências

FONSECA, Vitor da. Importância das emoções na aprendizagem: uma abordagem neuropsicopedagógica. Rev. psicopedag., São Paulo, v. 33, n. 102, p. 365-384, 2016. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84862016000300014&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 24 fev. 2021.

LYRA, G. J. H. As dificuldades de aprendizagem no contexto escolar: patologias ou intervenções pedagógicas não adequadas: o universo do impedimento do não saber; o ser aprendente em risco. Revista Científica, São Paulo, v. 01, n. 000070, p. 2-12, jun. 2016.

MARTINS, Heloisa Helena T. de Souza. Metodologia qualitativa de pesquisa. Educ. Pesqui., São Paulo, v. 30, n. 2, p. 289-300, ago. 2004. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-97022004000200007&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 24 fev. 2021.

PEREIRA ALOI, Pedro Eugênio; BENDER HAYDU, Verônica; CARMO, João dos Santos. Motivação no ensino e aprendizagem: algumas contribuições da análise do comportamento. CES Psicol, Medellín, v. 7, n. 2, p. 138-152, dez. 2014. Disponível em: http://www.scielo.org.co/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2011-30802014000200011&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 06 jun. 2021.

PIOVESAN, Armando; TEMPORINI, Edméa Rita. Pesquisa exploratória: procedimento metodológico para o estudo de fatores humanos no campo da saúde pública. Rev. Saúde Pública, São Paulo, v. 29, n. 4, p. 318-325, ago. 1995. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89101995000400010&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 24 fev. 2021.

VEIGA, Laura da; LEITE, Maria Ruth Siffert Diniz Teixeira; DUARTE, Vanda Catarina. Qualificação, competência técnica e inovação no ofício docente para a melhoria da qualidade do ensino fundamental. Rev. adm. contemp., Curitiba, v. 9, n. 3, p. 143-167, set. 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552005000300008&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 25 fev. 2021.

Downloads

Publicado

2022-11-09