Altas habilidades e superdotação: o lado esquecido da educação especial

  • Mirian Quesia de Oliveira Quirino dos Santos UNINTER

Resumo

A Educação Especial é uma modalidade destinada a alunos com necessidades educacionais especiais. É composta por discentes com déficits cognitivos, transtornos globais, deficiências e alunos com altas habilidades e superdotação (AH/SD); no entanto, este último grupo é frequentemente negligenciado, pois dá-se mais atenção aos sujeitos com dificuldades de aprendizagem e problemas comportamentais. Em vista disso, esta pesquisa visa auxiliar o professor a identificar discentes com AH/SD, com o intuito de ajudá-los a desenvolver suas potencialidades. Por intermédio de uma revisão bibliográfica, investigaram-se: as características e as dificuldades dos educandos com AH/SD; as práticas pedagógicas que podem ser desenvolvidas no ambiente escolar; e a legislação vigente, que assegura os direitos deste grupo. Contudo, os resultados indicaram que a formação docente para atuar na área ainda é precária. Recomendam-se, portanto, mais estudos relativos ao tópico e formação continuada para professores da Educação Especial.

Palavras-chave: altas habilidades; superdotação; Educação Especial.

Abstract

Special Education is a modality aimed at students with special educational needs. It is composed of students with cognitive deficits, global disorders, disabilities, and students with high abilities and giftedness (HA/G); however, the latter group is often neglected, as greater emphasis is placed on students with learning disabilities and behavioral problems. Hence, this research aims to help the education professional to identify students with HA/G, to help them develop their potential. Through a literature review, the following elements were investigated: the characteristics and difficulties of the student with HA/G; the pedagogical practices that can be developed in the school environment; and the current legislation that ensures the rights of these students. However, the results indicated that teacher training to work in the area is still precarious. Thus, further studies on the topic and continuing education for Special Education teachers are recommended.

Keywords: high abilities; giftedness; Special Education.

Resumen

La Educación Especial es una modalidad destinada a alumnos con necesidades educativas especiales. Está integrada por estudiantes con déficits cognitivos, trastornos globales, deficiencias, y alumnos con altas capacidades y superdotación (AH/SD); sin embargo, este último grupo es a menudo dejado a un lado, pues se pone más atención a los sujetos con dificultades de aprendizaje y problemas de comportamiento. En virtud de ello, esta investigación pretende auxiliar al profesor a identificar a alumnos con AH/SD, con el propósito de ayudarlos a desarrollar sus potencialidades. Por medio de una revisión bibliográfica, se estudiaron: las características y las dificultades de los estudiantes con AH/SD; las prácticas pedagógicas que pueden ser desarrolladas en el ambiente escolar; y la legislación vigente, que le asegura derechos a ese grupo. Sin embargo, los resultados indicaron que la formación docente para trabajar en el área es aún precaria. Se recomienda, por lo tanto, la realización de más estudios sobre el tópico y formación continua para los maestros de la Educación Especial.

Palabras-clave: altas capacidades; superdotación; Educación Especial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mirian Quesia de Oliveira Quirino dos Santos, UNINTER

Licenciada em Pedagogia no curso do Centro Universitário Internacional UNINTER.

Referências

ALENCAR, E. M. L. S. Indivíduos com Altas Habilidades/Superdotação: clarificando conceitos, desfazendo ideias errôneas. In: FLEITH, D. S. (org.). A construção de práticas educacionais para alunos com altas habilidades/superdotação: volume 1: orientação a professores. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial, 2007.

AZEVEDO, Sonia Maria Lourenço de; METTRAU, Marsyl Bulkool. Altas Habilidades/Superdotação: Mitos e Dilemas Docentes na Indicação para o Atendimento. Psicologia Ciência e Profissão, v. 30, n. 1, p. 32-45, 2010. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php? pid=S198932010000100004&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 16 maio 2021.

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal: Centro Gráfico, 1988.

BRASIL. Lei 8.069/90, de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm. Acesso em: 14 maio 2021.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei 9.394, de 20

de dezembro de 1996. Brasília: Conselho Nacional de Educação. Disponível em http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/lei9394_ldbn1.pdf. Acesso em: 19 mai. 2021.

CHAGAS, Jane Farias; Maia-Pinto, Renata Rodrigues; PEREIRA, Vera Lucia Palmeira. Modelo de Enriquecimento Escolar. In: FLEITH, Denise de Souza. A Construção de Práticas Educacionais para Alunos com Altas Habilidades / Superdotação Volume 2: Atividades de Estimulação de Alunos. Brasília: Ministério da Educação; Secretaria de Educação Especial, 2007. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/par/192-secretarias-112877938/seesp-esducacao-especial-2091755988/1267. Acesso em: 17 maio 2021.

CHACON, Miguel Claudio Moriel et al. Variáveis pessoais de professores e a inclusão de alunos com altas habilidades/Superdotação. Revista Educação Especial, Santa Maria, v. 30,| n. 59, p. 775-786, set./dez. 2017. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/index. Acesso em: 03 maio 2021.

JUNG, Hildegard Suzana; VAZ, Douglad; BENATTI, Remi Maria Zanatta. Saberes docentes sobre o estudante com altas habilidades: Estamos preparados para acolhê-lo? Revista Pedagógica, v. 22, 2020. Disponível em: https://bell.unochapeco.edu.br/revistas/index.php/pedagogica/article/view/5061. Acesso em: 15 maio 2021.

MAIA-PINTO, Renata Rodrigues; FLEITH, Denise de Souza. Percepção de professores sobre alunos superdotados. Rev. Estudos de Psicologia, PUC-Campinas, v. 19, n. 1, p. 78-90, jan./abr. 2002. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-166X2002000100007&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 07 maio 2021.

MARTINS, Alexandra da Costa Souza; ALENCAR, Eunice Soriano de. Características desejáveis em professores de alunos com altas habilidades/Superdotação. Rev. Educ. Espec., Santa Maria, v. 24, n. 39, p. 31-46, jan./abr. 2011. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/article/view/1881. Acesso em: 12 maio 2021.

OUROFINO, Vanessa Terezinha Tentes Alves de; GUIMARÃES, Tânia Gonzaga. Características Intelectuais, Emocionais e Sociais do Aluno com Altas Habilidades/Superdotação. In: FLEITH, Denise de Souza. A Construção de Práticas Educacionais para Alunos com Altas Habilidades / Superdotação: Volume 1: Orientação a Professores. Brasília: Ministério da Educação; Secretaria de Educação Especial, 2007. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me004654.pdf. Acesso em: 29 abr. 2021.

PASIAN, Maria Silva. Alunos com altas Habilidades /Superdotação na educação especial: Terminologia e origem. Cadernos da Fucamp, [S.l.], v.19, n .42, p. 48-55, 2020. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/altashabilidades.pdf. Acesso em:16 maio 2021.

SAKAGUTI, Paula Mitsuyio Yamasaki. Altas habilidades-superdotação. Curitiba: Contentus, 2020.

SIQUEIRA, Moscone. Superdotados no Brasil e seu direito fundamental a educação. Jus.com, [S.l.], 15 jun. 2020. Disponível em: https://jus.com.br/artigos/83157/superdotados-no-brasil-e-seu-direito-fundamental-a-educacao. Acesso em: 10 jul. 2021.

Publicado
2022-05-20