Gestão interdisciplinar: desafios e perspectivas

  • Thaisa Rodbard Mileo
  • Ana Carolina Gomes Uninter
  • Fabiana Kadota Pereira Uninter

Resumo

O presente artigo teve como objetivo estudar a educação interdisciplinar, apontando os desafios e as perspectivas da sua gestão no presente e para o futuro próximo, tanto na educação básica quanto no ensino superior. Também pretende descrever a sua importância e necessidade na educação contemporânea, a fim de garantir que as novas gerações utilizem ilimitadamente seu saber e criatividade e componham um mundo mais justo e igualitário. De acordo com os dados literários pesquisados, a interdisciplinaridade já está em processo de amadurecimento, fomentando uma nova perspectiva educacional, mas ainda precisa superar demandas passadas e fragmentadas da educação brasileira. A primeira modificação a emergir para a interdisciplinaridade é o paradigma docente, até agora instituído como sistematizado. Foi possível perceber que devemos estimular a liberdade do conhecimento entre as ciências, para que elas se integrem e passem a ser vivenciadas pelos discentes na nova era de ensino-aprendizagem.

Palavras-chave: educação; interdisciplinaridade; gestão educacional.

Abstract

This article aimed to study interdisciplinary education, pointing out the challenges and perspectives of its management in the present and for the near future, both in basic education and in higher education. It also intends to describe its importance and need in contemporary education, to ensure that new generations unlimitedly use their knowledge and creativity and compose a more just and egalitarian world. According to the researched literary data, interdisciplinarity is already in the process of maturing, fostering a new educational perspective, but it still needs to overcome past and fragmented demands of Brazilian education. The first modification to emerge for interdisciplinarity is the teaching paradigm, hitherto instituted as systematized. It was possible to realize that we must stimulate the freedom of knowledge among the sciences, so that they integrate and begin to be experienced by students in the new age of teaching-learning.

Keywords: education; interdisciplinarity; educational management.

Resumen

El presente artículo tuvo el propósito de estudiar la educación transdisciplinaria e indicar los retos y perspectivas de su gestión en el presente y en el futuro próximo, tanto en la educación básica como en la superior. También pretende describir su importancia y necesidad en la educación contemporánea, con el fin de garantizar que las nuevas generaciones utilicen, sin límites, su saber y creatividad y construyan un mundo más justo e igualitario. De acuerdo con los datos de la bibliografía investigada, la interdisciplinariedad está en proceso de maturación y propone una nueva perspectiva en la educación, pero aún necesita superar condiciones pasadas y fragmentadas de la educación brasileña. El primer cambio hacia la interdisciplinariedad será el del paradigma docente, hasta ahora visto como sistematizado. Ha sido posible percibir que debemos estimular la libertad de conocimiento entre las ciencias, para que ellas se integren y pasen a ser experimentadas por los estudiantes en la nueva era de enseñanza-aprendizaje.

Palabras-clave: educación; interdisciplinariedad; gestión educacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thaisa Rodbard Mileo

Docente no Centro Universitário Internacional UNINTER.

Ana Carolina Gomes, Uninter

Graduada em Educação Física pelo Centro Universitário Internacional UNINTER.

Fabiana Kadota Pereira, Uninter

Docente no Centro Universitário Internacional UNINTER.

Referências

AIUB, Mônica. Interdisciplinaridade: da origem à atualidade. O Mundo da Saúde, São Paulo, v. 30, n. 1, p. 107-116, jan./mar. 2006. Disponível em: http://www.saocamilo-sp.br/pdf/mundo_saude/34/interdisciplinaridade.pdf. Acesso em: 24 nov. 20.

ANDRADE, Simone Moura Andrioli de Castro. Currículo escolar, globalização e identidades: novos desafios e caminhos para o educador na contemporaneidade. Rev. Interdisciplinaridade, São Paulo, n. 9, p. 81-90, out. 2016. ISSN 2179-0094. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/interdisciplinaridade/article/view/29791. Acesso em: 01 dez. 2020.

AUGUSTO, Thaís Gimenez da Silva; CALDEIRA, Ana Maria de Andrade. Dificuldades para a implantação de práticas interdisciplinares em escolas estaduais, apontadas por professores da área de Ciências da Natureza. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, v. 12, n. 1, p. 139-154, 2007. Disponível em: https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/article/view/481. Acesso em: 01 dez. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros curriculares nacionais: Ensino médio. Brasília: MEC/SEMTEC, 2000.

FAVARÃO, Neide Rodrigues Lagos; ARAÚJO, Cíntia de Souza Alferes. Importância da interdisciplinaridade na educação superior. EDUCERE - Rev. da Educação da UNIPAR. Umuarama, v. 4, n. 2, p. 103-115, jul./dez. 2004. Disponível em: https://revistas.unipar.br/index.php/educere/article/view/173. Acesso em: 01 dez. 2020.

FAZENDA, Ivani. Integração e interdisciplinaridade no ensino brasileiro. São Paulo: Loyola, 1993.

FAZENDA, Ivani. Interdisciplinaridade: história, teoria e pesquisa. Campinas: Papirus, 1994.

FAZENDA, Ivani. Didática e Interdisciplinaridade. Campinas: Papirus, 1998.

FAZENDA, I.C.A. Integração e interdisciplinaridade no ensino brasileiro: efetividade ou ideologia. 5. ed. São Paulo, SP: Editora Loyola, 2002.

FAZENDA, Ivani. Interdisciplinaridade – transdisciplinaridade: visões culturais e epistemológicas. In: FAZENDA, Ivani. O que é interdisciplinaridade. São Paulo: Cortez, 2008.

FAZENDA, Ivani; VARELA, Ana Maria; ALMEIDA, Telma. Interdisciplinaridade: tempos, espaços, proposições. Revista e-Curriculum, São Paulo, n. 11, v.03, set./dez. 2013. ISSN: 1809-3876.

FAZENDA, I.C.A. Interdisciplinaridade: didática e prática de ensino. Rev. Interdisciplinaridade, São Paulo, n. 6, 2015.

FREIRE, Paulo. À sombra desta mangueira. São Paulo: Livraria Nova Sede, 1995.

GATTÁS, Maria Lúcia Borges; FUREGATO, Antonia Regina Ferreira. A interdisciplinaridade na educação. Rev. RENE, Fortaleza, v. 8, n. 1, p. 85-91, jan./abr. 2007. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/rene/article/view/5286. Acesso em: 16 nov. 2020.

KLEIMAN, A. B.; MORAES; S. E. Leitura e interdisciplinaridade: tecendo redes nos projetos da escola. Campinas: Mercado de Letras, 1999.

MANGINI, Fernanda Nunes da Rosa; MIOTO, Regina Célia Tamaso. A interdisciplinaridade na sua interface com o mundo do trabalho. Rev. Katálysis, Florianópolis, v. 12, n. 2, jul./dez. 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-49802009000200010&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 02 dez. 2020.

NICOLESCU, Basarab. Educação e transdisciplinaridade. Trad. Vera Duarte, Maria F. de Mello e Americo Sommerman. Brasília: Unesco, 2000. (Edições Unesco).

PIAGET, J. Estudos sociológicos. Rio de Janeiro: Forense, 1973

SANTOS, Dalve Oliveira Santos; BATISTA, Ruy Martins dos Santos. Perspectivas online. Ciências Humanas e Aplicadas, Campos dos Goitacazes, v. 16, n. 6, p. 127-138, 2016.

SHAW, Gisele Soares Lemos. Formação interdisciplinar docente no ensino superior: uma proposta de avaliação. Rev. Meta: Avaliação, Rio de Janeiro, v. 12, n. 34, p. 181-210, jan./mar. 2020 Disponível em: https://revistas.cesgranrio.org.br/index.php/metaavaliacao/article/view/2279 Acesso em: 02 dez. 2020.

SILVA, Eliene Pereira da. a importância do gestor educacional na educação escolar. Revista Conteúdo, Capivari, v. 1, n. 2, jul./dez. 2009. ISSN 1807-9539.

TRINDADE, Diamantino Fernandes. Interdisciplinaridade: um novo olhar sobre as ciências. In: FAZENDA, Ivani. O que é interdisciplinaridade. São Paulo: Cortez, 2008. p. 65-83. Disponível em: http://www.uece.br/wp-content/uploads/sites/35/2019/03/texto_interdisciplinaridade_novo_olhar_ciencias_trindade.pdf Acesso em: 24/11/20

UMBELINO, Moacir; ZABINI, Franciele Oliveira. A importância da interdisciplinaridade na formação do docente. Seminário Internacional de Educação Superior, 2014, Sorocaba-SP. Anais [...]. Sorocaba: Univ. de Sorocaba – UNISO, 2014.

Publicado
2022-03-10