A Educação Física e crianças com Transtorno do Espectro Autista: um cenário

  • Marcos Ruiz da Silva Centro Universitário Internacional
  • Ana Carolina Gomes Acadêmica do Centro Universitário Internacional - UNINTER
  • Ana Lucia Zattar Coelho Centro Universitário Internacional - UNINTER

Resumo

Resumo

O Transtorno do Espectro Autista (TEA), comumente chamado de autismo, é um distúrbio do neurodesenvolvimento. O objetivo deste trabalho é apresentar os efeitos de programas de atividade física em crianças autistas. Para tal, realizou-se uma pesquisa de caráter bibliográfico para aprofundar o tema a ser desenvolvido. Conclui-se que os resultados favoráveis, no atendimento a autistas, estão condicionados à ação do profissional, pois é preciso a aquisição de competências para assistir esse público. A participação de crianças autistas em programas de atividade física ultrapassa questões de caráter físico e influencia, também, a capacidade de estabelecer relações com o outro.

Palavras-chave: Educação Física. Autismo. Atividade física.

Abstract

Autistic Spectrum Disorder (ASD), commonly called autism, is a neurodevelopmental disorder. The objective of this work is to present the effects of physical activity programs on autistic children. To this end, a bibliographic research was carried out to deepen the theme to be developed. It is concluded that the favorable results, in the care of autistic people, are conditioned to the action of the professional, since it is necessary to acquire skills to assist this public. The participation of autistic children in physical activity programs goes beyond physical issues and influences the ability to establish relationships with others.

Keywords: Physical education. Autism. Physical activity.

Resumen

El Trastorno del Espectro Autista (TEA), comúnmente denominado de autismo, es un disturbio del neurodesarrollo. El objetivo de este trabajo es presentar los efectos de programas de actividad física en niños autistas. Para ello, se realizó una investigación de carácter bibliográfico para profundizar en el tema a ser desarrollado. Se concluye que los resultados favorables en la atención a los autistas están condicionados a la acción del profesional, pues es necesario adquirir competencias para atender a ese público. La participación de niños autistas en programas de actividad física va más allá de cuestiones de carácter físico pues incide, también, en la capacidad de establecer relaciones con el otro.

Palabras-clave: Educación Física. Autismo. Actividad física.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Carolina Gomes, Acadêmica do Centro Universitário Internacional - UNINTER

Acadêmica do Centro Universitário Internacional - UNINTER

Ana Lucia Zattar Coelho, Centro Universitário Internacional - UNINTER

Professora do Centro Universitário Internacional UNINTER

Referências

FADDA, Gisella Mouta; CURY, Vera Engler. O Enigma do Autismo: Contribuições sobre a Etiologia do Transtorno. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 21, n. 3, p. 411-423, jul./set. 2016.

FIORINI, Maria Luiza Salzani; MANZINI, Eduardo José. Dificuldades e Sucesso de Professores de Educação Física em Relação à Inclusão Escolar. Rev. Bras. Ed. Esp., Marília, v. 22, n. 1, p. 49-64, Jan.-Mar., 2016.

FRANZONI, Wihanna Cardozo de Castro; MARINHO, Alcyane. O papel do professor de Educação Física na atuação com pessoas com transtorno do espectro autista em um programa de esporte e lazer de Florianópolis (SC). Motrivivência, (Florianópolis), v. 32, n. 61, p. 01-22, janeiro/março de 2020. Universidade Federal de Santa Catarina.

GONÇALVES, Walter Ricardo Dorneles; GRAUP, Susane; BALK, Rodrigo de Souza; CUNHA, Álvaro Luís Avila; ILHA, Phillip Vilanova. Barreiras e Facilitadores para a Prática de Atividades Físicas em Crianças e Adolescentes com Transtorno do Espectro Autista de Uruguaiana - RS. Rev. Assoc. Bras. Ativ. Mot. Adapt., Marília, v.20, n.1, p.17-28 Jan. - Jun, 2019.

MAIA, Juliana; Percepções dos docentes de Educação Física acerca da inclusão de alunos(as) com Transtorno do Espectro Autista na escola regular. Trabalho de Conclusão de Curso Escola Superior de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Dez/2018.

RICCO, Ana Cláudia. Efeitos da Atividade Física no Autismo. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Educação física) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro/2017.

SILVA, Simone Gama da; LOPES, Diego Trindade; RABAY, Aline Albuquerque Nobrega; SANTOS, Rogério Márcio Luckwu; MOURA, Stephanney K.M.S.F. de. Os Benefícios da Atividade Física para Pessoas com Autismo. Rev. Diálogos em Saúde. Vol. 1. Número 1 - jan/jun 2018.

Publicado
2021-03-15