Manipulação genética humana. Uma reflexão a partir da ética da responsabilidade de Hans Jonas

Autores

  • Roberto Rohregger UNINTER- Centro Universit

Resumo

O avanço da biotecnologia acena para a possibilidade de manipulação genética humana, possibilidade essa que já vem se concretizando conforme o pesquisador He Jiankui demonstrou na edição genética que realizou. A filosofia de Hans Jonas nos apresenta uma série de reflexões sobre o impacto da manipulação humana e os riscos que isto pode trazer para as gerações futuras. O seu Princípio Responsabilidade é um norte para avaliar os avanços tecnológicos e suas implicações para o futuro da vida humana — para a manutenção da vida autenticamente humana. Neste artigo, apresentamos um resumo sobre a vida e obra de Hans Jonas, com a intenção de contextualizar o filósofo e apresentar as suas principais publicações. Na sequência, avaliamos, a partir do livro O Princípio Responsabilidade, os principais aspectos éticos da manipulação genética humana. Concluímos que os avanços na área da biotecnologia podem trazer significativas melhoras à vida humana, porém é preciso compreender implicações mais profundas da manipulação genética humana, tanto nos aspectos de saúde quanto nos éticos-sociais.

Palavras-chave: Princípio Responsabilidade; manipulação genética; tecnologia; Hans Jonas.

Abstract

The advance of biotechnology beckons to the possibility of human genetic manipulation, a possibility that is already being realized as He Jiankui demonstrated in his genetic editing. Hans Jonas' philosophy presents us with a series of reflections on the impact of human manipulation and the risks that it can bring to future generations. His Responsibility Principle is a guide for evaluating technological advances and their implications for the future of human life — for the maintenance of authentically human life. In this paper, we present a summary of Hans Jonas' life and work, to contextualize the philosopher and present his main publications. Next, we evaluate, based on the book The Imperative of Responsibility – In Search of an Ethics for the Technological Age, the main ethical aspects of human genetic manipulation. We conclude that advances in biotechnology can bring significant improvements to human life; however, it is necessary to understand the deeper implications of human genetic manipulation, both in health and ethical-social aspects.

Keywords: Responsibility Principle; genetic manipulation; technology; Hans Jonas.

Resumen

Los adelantos de la biotecnología apuntan hacia la posibilidad de manipulación genética humana. Esa posibilidad se ha venido concretando como lo demostró el investigador He Jiankui en la edición genética que realizó. La filosofía de Hans Jonas nos ofrece una serie de reflexiones sobre el impacto de la manipulación humana y los riesgos que eso les puede traer a las generaciones futuras. Su Principio de Responsabilidad es un norte para que evaluemos los adelantos tecnológicos y sus implicaciones para el futuro de la vida humana — para el mantenimiento de la vida auténticamente humana. En este artículo presentamos un resumen sobre la vida y obra de Hans Jonas, con la intención de contextualizar al filósofo y presentar sus principales publicaciones. Luego, evaluamos, a partir del libro El Principio de Responsabilidad, los principales aspectos éticos de la manipulación genética humana. Se concluye que los adelantos en el área de la biotecnología pueden traer significativas mejoras para la vida humana, sin embargo, es necesario comprender implicaciones más profundas de la manipulación genética humana, tanto en los aspectos de salud como en los ético-sociales.

Palabras-clave: Principio de Responsabilidad; manipulación genética; tecnología; Hans Jonas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberto Rohregger, UNINTER- Centro Universit

Mestre em Bioética pela PUCPR, pesquisando as implicações bioéticas da biotecnologia; possui especialização em Psicoteologia e Bioética pela Faculdade Evangélica do Paraná - FEPAR e Teologia do Novo Testamento Aplicada pela Faculdade Teológica Batista do Paraná – FTBP, e em Formação de Docentes para EAD pelo Centro Universitário UNINTER. Graduação em Bacharel em Filosofia pelo Centro Universitário UNINTER, Teologia pela Faculdade Evangélica do Paraná FEPAR, Formação Pedagógica em História pelo Centro Universitário UNINTER

Referências

CYRANOSKI, David; LEDFORD, Heidi. International outcry over genome-edited baby claim. Nature, [s. l.], v. 563, Nov. 2018. Disponível em: https://www.nature.com/magazine-assets/d41586-018-07545-0/d41586-018-07545-0.pdf. Acesso em: 26 jan. 2020.

JONAS, Hans. O Princípio Vida. Fundamentos para uma biologia filosófica. 1. ed. Petrópolis: Vozes, 2004.

JONAS, Hans. O Princípio Responsabilidade. Rio de Janeiro: Editora Contraponto/Editora PUC-Rio, 2006.

JONAS, Hans. Técnica, medicina e ética. 1. ed. São Paulo: Paulus, 2013.

JONAS, Hans. Ensaios filosóficos: da crença antiga ao homem tecnológico. 1. ed. São Paulo: Paulus, 2017.

GIACOIA JÚNIOR, Oswaldo. Responsabilidade. In: OLIVEIRA, Jelson; POMMIER, Eric (org.). Vocabulário Hans Jonas. 1. ed. Caxias do Sul: Educ, 2019.

LEWIS, C. S. A abolição do homem. 1. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

OLIVEIRA, Jelson. Compreender Hans Jonas. 1. ed. Petrópolis: Vozes, 2014.

OLIVEIRA, Jelson. A responsabilidade como princípio ético. Revista Dissertatio de Filosofia, Pelotas – RS, v. supl. 7, p. 93-105, 2018. Dossiê Hans Jonas. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/dissertatio/article/view/13633. Acesso em: 08 fev. 2021.

SGANZERLA, Anor. Biologização do ser moral em Hans Jonas. Revista de Filosofia Aurora. Curitiba, v. 25, n. 36, p. 155-178, maio 2013. ISSN 1980-5934. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/aurora/article/view/667.

Acesso em: 09 fev. 2021. doi:http://dx.doi.org/10.7213/revistadefilosofiaaurora.7769

VICINI, Andrea. Genética humana e bem comum. 1. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2011.

Downloads

Publicado

2022-11-09