A importância da implantação do Balanced Scorecard na gestão estratégica das organizações departamentalizadas para otimização dos resultados

  • Uellington Rodrigues da Silva UNINTER

Resumo

O presente artigo trata da relevância da implementação do Balanced Scorecard (BSC) na gestão estratégica das organizações, com o intuito de garantir longevidade, sucesso e competitividade empresarial diante dos desafios do mundo globalizado. A revolução informacional, os novos valores e perfil do consumidor, o perfeccionismo dos novos modelos de processos e serviços, a produtividade em massa, bem como a maturidade econômica do país criaram um ambiente de intensa concorrência e incerteza para as sociedades organizacionais. Em vista disso, há carência de um modelo estratégico de gestão sólido e com visão fundamentada em uma linha temporal futura, pautado em metas operacionais, financeiras e gerenciais. Estudos comprovam a dificuldade das empresas para definirem suas estratégias departamentais alinhadas com o objetivo fim. Neste sentido, o BSC, possivelmente, é o principal mecanismo de gerenciamento a permitir a estruturação de métricas indicadoras e de diretrizes percussoras para se aplicarem estratégias prognosticadas, além de mostrar ampla visão do cenário vindouro da companhia. Este trabalho se desenvolve por meio de revisão da literatura de renomados autores sobre o assunto, e apresenta um estudo do Balanced Scorecard como medida de avaliação de desempenho e integração departamental de uma empresa.

Palavras-chave: Balanced Scorecard; gestão estratégica; planejamento estratégico; indicadores de desempenho; gestão de negócios.

Abstract

This article addresses the relevance of the Balanced Scorecard (BSC) implementation in organizations’ strategic management, in order to ensure longevity, success and business competitiveness before challenges of the globalized world. The information revolution, the new consumer values and profile, the perfectionism of the new process and service models, the mass productivity, as well as the country's economic maturity have created an environment of intense competition and uncertainty for organizational societies. Thus, there is a lack of a solid strategic management model with a vision based on a future timeline, guided by operational, financial, and managerial goals. Studies prove the difficulty for companies to define their departmental strategies aligned with the goal. In this sense, the BSC is possibly the main management mechanism to allow the structuring of indicator metrics and percussive guidelines to apply forecasted strategies, besides showing a broad vision of the company's future scenario. This paper is developed through a literature review of renowned authors on the subject and presents a study of the Balanced Scorecard as a measure of performance evaluation and departmental integration of a company.

Keywords: Balanced Scorecard; strategic management; strategic planning; performance indicators; business management.

Resumen

El presente artículo trata de la relevancia de la implantación del Balanced Scorecard (BSC) en la gestión estratégica de las organizaciones, con el propósito de garantizarles longevidad, éxito y competitividad empresarial frente a los retos del mundo globalizado. La revolución de la información, los nuevos valores y perfil del consumidor, el perfeccionismo de los nuevos modelos de procesos y servicios, la productividad masiva, así como la madurez económica del país, crearon un ambiente de intensa competencia e incertidumbre para las sociedades empresariales. Frente a eso, se siente la falta de un modelo estratégico de gestión, sólido y con visión fundamentada en una línea temporal dirigida hacia el futuro, apoyado en metas operacionales, financieras y de gerencia. Estudios comprueban la dificultad de las empresas en definir estrategias departamentales orientadas a su objetivo-meta. En ese sentido, el BSC posiblemente sea el principal mecanismo de gerencia que permita la estructuración de medidas indicadoras y de directrices de continuidad para que se apliquen estrategias pertinentes, además con amplia visión del escenario futuro de la compañía. Este trabajo se desarrolla por medio de revisión de literatura, con consulta de autores reconocidos sobre el tema, y presenta un estudio del Balanced Scorecard como medida de evaluación de desempeño e integración departamental de una empresa.

Palabras-clave: Balanced Scorecard; gestión estratégica; planificación estratégica; indicadores de desempeño; gestión de negocios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Uellington Rodrigues da Silva, UNINTER

Bacharel em Administração pelo Centro Universitário Internacional — UNINTER.

Referências

COSTA, A. P. P. da. Balanced Scorecard: conceitos e guia de implementação. São Paulo: Atlas, 2006.

FARIA, A. C. de; COSTA, M. de F. G. da. Gestão de custos logísticos. São Paulo: Atlas, 2005.

FRANCISCHINI, A. S. N.; FRANCISCHINI, P. G. Indicadores de desempenho: dos objetivos a ação — métodos para elaborar KPIs e obter resultados. Rio de Janeiro: Alta Books, 2017.

HERRERO FILHO, E. Balanced Scorecard e a gestão estratégica: uma abordagem prática. 10. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P.; SERRA A. C. C. Organização orientada para a estratégia: Como as Empresas que Adotam o Balanced Scorecard Prosperam no Novo Ambiente de Negócios. 1. ed. Rio de Janeiro: Alta Books, 2019.

OLIVEIRA, L. M. de; PEREZ JÚNIOR, J. H.; SILVA, C. A. S. Controladoria Estratégica. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

PADOVEZE, C. L.; TARANTO, F. C. Orçamento empresarial: novos conceitos e técnicas. São Paulo: Pearson, 2009.

REBOUÇAS OLIVEIRA, D. P. Sistemas, organização e métodos: uma abordagem gerencial. 18. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

SCHMIDT, P.; SANTOS, J. L. dos. Fundamentos de Controladoria. São Paulo: Atlas, 2006.

SERRA, F. A. R. Administração Estratégica: conceitos, roteiro prático e estudos de caso. Florianópolis: Insular, 2009.

Publicado
2021-08-31
Seção
Artigos