A suástica no Moreira Garcez: consulado da Alemanha

  • Jackson Francisco Lopes
  • André Luiz Moscaleski Cavazzani

Resumo

Este estudo visa compreender a relação entre o Consulado da Alemanha, sediado no edifício Moreira Garcez, em Curitiba, e o Partido Nazista, visto que ambos atuaram em parceria nas colônias germânicas do Paraná. Para tanto, mapearam-se as características do vínculo ideológico entre o Partido Nazista do Paraná e o Consulado da Alemanha nas décadas de 30 e 40, através de revisão bibliográfica e documental. Assim, revelou-se a filiação de três funcionários do Consulado ao Partido Nazista do Paraná, cuja atuação influenciou diretamente a gestão das comunidades alemãs paranaenses.

Palavras-chave: comunidade germânica; Consulado da Alemanha; Partido Nazista.

Abstract

This study aims to understand the relationship between the Consulate of Germany, based in the Moreira Garcez building in Curitiba, and the Nazi Party, since both acted in partnership in the Germanic colonies of Paraná. For this purpose, the characteristics of the ideological bond between Paraná’s Nazi Party and the German Consulate in the 1930s and 1940s were mapped through bibliographic and document review. Thus, the affiliation of three Consulates’ employees to the Paraná’s Nazi Party, whose actions directly influenced the management of German communities in Paraná, was revealed.

Keywords: German community; German Consulate; Nazi Party.

Resumen

Este estudio pretende comprender la relación entre el Consulado de Alemania, ubicado en el edificio Moreira Garcês, en Curitiba, y el Partido Nazi, una vez que ambos actuaron juntos en las colonias germánicas de Paraná. Para ello, se describieron las características del vínculo ideológico entre el Partido Nazi de Paraná y el Consulado de Alemania en las décadas de 30 y 40, por medio de revisión bibliográfica y documental. Así, se revela la afiliación de tres funcionarios del Consulado al Partido Nazi de Paraná, cuya acción ejerció influencia directa en la gestión de las comunidades alemanas del estado.

Palabras-clave: comunidad germánica; Consulado de Alemania; Partido Nazi.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jackson Francisco Lopes

Licenciado em História pelo Centro Universitário Internacional UNINTER. Professor da Prefeitura de Itaperuçu, PR.

André Luiz Moscaleski Cavazzani

Doutor em História. Professor no Centro Universitário Internacional UNINTER.

Referências

AELDERT, Ludwig. Auf langer Fahrt. Im Auslandsdienst des Reiches. Berlin: Deutschen, 1943.

ARENDT, Hannah. Origens do totalitarismo. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

ATHAIDES, Rafael. O partido Nazista no Paraná 1933-1942. Maringá: Eduem, 2011.

BOSCHILIA, Roseli. O cotidiano de Curitiba durante a segunda guerra mundial. Boletim Informativo da Casa Romário Martins, Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba, v. 22, n. 107, out. 1995.

CAPELATO, Maria Helena Rolim. O nazismo e a produção da guerra. Revista USP, São Paulo, n. 26, p. 82-93, 1995. DOI https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i26p82-93

CRUZ, Arnaldo Alves Da. João Moreira Garcez: um homem que se superou no seu tempo. Curitiba: Fundação Santos Lima, 1996.

DIETRICH, Ana Maria. Nazismo tropical? O Partido nazista do Brasil. 301 f. Tese (Doutorado em História Social) — Universidade de São Paulo, 2007.

FISCHER, G. Abrigo no Brasil. Rio de Janeiro: Brasiliense, 2005

FOUCAULT, Michel. A microfísica do poder. São Paulo: Loyola, 2008.

GERTZ, René. O fascismo no sul do Brasil: germanismo, nazismo. Porta alegre: Mercado aberto, 1987.

HENNING, P. Laus. Apontando em direção contrária – o jornal Der Kompass e o Partido Nazista em Curitiba (1933-1938). Monografia (Bacharelado em História) — Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2014.

HILTON, S. A guerra secreta de Hitler no Brasil. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1983.

MARTINS, M. Hitler guerreia o Brasil há dez anos. Curitiba: O Dia, 1942.

MCCANN, Frank, D. A aliança Brasil- Estados Unidos, 1937-1945. Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército, 1995.

MILLIARCHI, A. A Alemanha e os seus diplomatas. Curitiba. 29 nov. 1986.

NIXDORF, Oswald. Pionier im brasilianischen Urwald. Die abenteuerrecihe Geschichteder deutschen Siedlung Roland Erdmann Verlag, Tubingen und Basel, 1979.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Trad. Yara Aun Khoury. Projeto História, São Paulo, n. 10, p. 12, 1993. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/revph/article/view/12101. Acesso em: 8 jul. 2021.

PEREIRA, José Marcio. Politizando o cotidiano: repressão aos alemães em Curitiba durante a Segunda Guerra Mundial. 2010. 196 f. Dissertação (Mestrado em História: política e movimentos sociais) — Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2010.

RAHMEIR, A. H. P. Relações diplomáticas e militares entre Alemanha e Brasil: da proximidade ao rompimento (1937-1942). 2009. 390 f. Tese (Doutorado em História) — Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

STACKELBERG, Roderick. The Routledge Companion to Nazi Germany. New York: Routledge,2007.

TOEDTER, Norberto. E a guerra continua. Curitiba: [Ed. do Autor], 2001.

ZIMMERMANN, Walter. Die englische Presse zum Ausbruch des Weltkrieges. Berlin, 1928.

Fontes primárias de pesquisa (locais de pesquisa)

Arquivo Público do Paraná

PI 3266.447

PI 3266.467

PI 3024.452

PI 353.41

Casa da Memória – Fundação Cultural do Paraná: acervo iconográfico.

Biblioteca Pública do Paraná: micro filmes de jornais.

Politischen Archiv dês Auswartiges Amt (Arquivo do Ministério de Relações Exteriores da Alemanha) PAAA.

Documento: (Gz).: 117-251.09.

Jornais

O DIA, Correio do Paraná, Gazeta do Povo.

Publicado
2021-07-20