Um diálogo entre Paul Tillich e Glauber Rocha: em busca do sentido decolonial do cinema brasileiro

  • Adriano Sousa Lima UNINTER - Centro Universit
  • Josye Héllen Nazareth Patané

Resumo

Este estudo procura relacionar o ofício teológico e o cinema no Brasil. Tem o objetivo geral de traçar um diálogo entre dois pensadores influentes, em cada uma destas linhas de interesse. Para tanto, definiram-se os seguintes objetivos específicos: refletir sobre a Teologia da Cultura de Paul Tillich; examinar a perspectiva do Cinema Novo, por Glauber Rocha; e verificar se o diálogo entre essas duas perspectivas pode colaborar com o processo de “decolonização” da identidade brasileira em suas marcas culturais. Abordar a conexão entre cinema e teologia justifica-se porque a sétima arte reúne todos os elementos de manifestação artística, podendo, assim, ser de grande auxílio nesta marcha emancipadora. O presente estudo tem caráter descritivo e visa apresentar o fazer teológico como estratégia de valorização das raízes culturais que formam a plural identidade brasileira. Os dados foram tratados qualitativamente, a partir da coleta de informações em fontes secundárias, incluindo livros, artigos, revistas e sites de relevância científica. Por meio deste levantamento e análise de produções intelectuais, concluiu-se que a cultura é um vasto campo de atuação da teologia em seu viés prático, pois é um elemento construtor de sentidos e significados. Ademais, ao aproximar a teologia da realidade brasileira, é possível traduzir as mensagens do espírito criador e transformador de um povo que clama, por meio da arte, pela libertação de todas as limitações impostas por uma realidade marginalizada.

Palavras-chave: Cinema Novo; decolonização; Teologia da Cultura.

Abstract 

This study seeks to relate the theological work and cinema in Brazil. Its general objective is to trace a dialogue between two influential thinkers in each of these lines of interest. Therefore, the following specific objectives were defined: to reflect on Paul Tillich's Theology of Culture; examine the perspective of Cinema Novo, by Glauber Rocha; to verify if the dialogue between these two perspectives can collaborate with the process of “decolonization” of the Brazilian identity in its cultural marks. Addressing the connection between cinema and theology is justified because the seventh art brings together all the elements of artistic expression, thus being able to be of great help in this emancipatory march. The present study is a descriptive research and aims to present theological practice as a strategy for valuing the cultural roots that form the plural Brazilian identity. The data was treated qualitatively, based on the information collected from secondary sources, including books, articles, journals, and websites of scientific relevance. Through this survey and analysis of intellectual productions, it was concluded that culture is a vast field of action of theology in its practical perspective, as it is a constructor element of senses and meanings. Moreover, by bringing theology closer to the Brazilian reality, it is possible to translate the messages of the creative and transforming spirit of a people who cry out, through art, for the liberation of all limitations imposed by a marginalized reality.

Keywords: Cinema Novo; decolonization; Theology of Culture.

Resumen

Este estudio trata de relacionar el oficio teológico y el cine en Brasil. Tiene el objetivo general de establecer un diálogo entre dos pensadores influyentes, en cada una de esas líneas de interés. Para ello, se definieron los siguientes objetivos específicos: reflexionar sobre la Teología de la Cultura de Paul Tillich; examinar la perspectiva del Cinema Novo, por Glauber Rocha; y verificar si el diálogo entre esas dos perspectivas puede colaborar con el proceso de “descolonización” de la identidad brasileña en sus marcas culturales. Tratar la conexión entre cine y teología se justifica porque el séptimo arte reúne todos los elementos de manifestación artística, de manera que puede ser de gran ayuda en esa marcha emancipadora. El presente estudio tiene carácter descriptivo y pretende presentar el quehacer teológico como estrategia de valoración de las raíces culturales que forman la plural identidad brasileña. Los datos fueron tratados cualitativamente, a partir de recolección de informaciones en fuentes secundarias, incluidos libros, artículos, revistas y páginas web de relevancia científica. Por medio de esa revisión y análisis de producciones intelectuales, se concluye que la cultura es un amplio campo de actuación de la teología en su perspectiva práctica, pues es constructora de sentidos y significados. Además, al acercar la teología de la realidad brasileña, es posible traducir mensajes del espíritu creador y transformador de un pueblo que clama, por medio del arte, por la liberación de todas las limitaciones impuestas por una realidad marginalizada.

Palabras-clave: Cinema Novo; descolonización; Teología de la Cultura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriano Sousa Lima, UNINTER - Centro Universit

Doutor em Teologia. Professor no Centro Universitário Internacional UNINTER. 

Josye Héllen Nazareth Patané

Graduanda em Teologia no Centro Universitário Internacional UNINTER

Referências

BENTES, I. Sertões e favelas no cinema brasileiro contemporâneo: estética e cosmética da fome. Revista Alceu, Rio de Janeiro, v. 8, n. 15, jul-dez, 2007. Disponível em: https://www.passeidireto.com/arquivo/48905616/cinema-trajetoria-no-subdesenvolvimento-paulo-emilio-salles-gomes-pdf. Acesso em: 10 fev. 2021

DE ABREU, Fabio Henrique. “Richtung Auf das Unbedingte” and “Self-Transparency”: The Foundations of Paul Tillich’s Philosophy of Spirit, Meaning, and Religion (1919-1925). Correlatio, São Paulo, v. 16, n. 1, p. 5-97, 2017.

HIGUET, Etienne Alfred. Atualidade da teologia da cultura de Paul Tillich. Correlatio, São Paulo, v. 18, n. 2, p. 11-25, 2019.

MOTA, Regina. O processo Cinema Novo: uma reflexão sobre a abordagem da realidade no cinema brasileiro. [20--]. Disponível em: http://sv2.fabricadofuturo.org.br/sitev1/midia_textos/cinemanovo.pdf . Acesso em: 01 nov. 2021.

NARCIZO, Makchwell Coimbra. Entre o temor e o tremor: uma análise das relações e reações do protestantismo alemão frente o nazismo, partindo do posicionamento dos grandes teólogos protestantes do século XX. Revista Veredas da História, Salvador, v. 5, n. 1, 2016.

PIEPER, Frederico. Religião e cinema. São Paulo: Fonte Editorial, 2015.

REINA, Alessandro. Teorias do Cinema. Curitiba: Intersaberes, 2019. E-book.

ROCHA, Glauber. Revisão Crítica do cinema novo. São Paulo: Cosac Naify, 2003.

ROCHA, Glauber. Eztetyka da Fome. 1965. Disponível em: https://hambrecine.files.wordpress.com/2013/09/eztetyka-da-fome.pdf. Acesso em: 01 nov. 2021.

SANTOS, Joe Marçal G. Cinema, realismo e revelação: um diálogo com Paul Tillich e André Bazin. Correlatio, São Paulo, v. 16, n. 1, p. 345-360, 2017.

TILLICH, Paul. Teologia da Cultura. São Paulo: Fonte Editorial, 2009.

TILLICH, Paul. A coragem de ser. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

TILLICH, Paul. Dinâmica da fé. 6ª ed. São Leopoldo: Sinodal (2001).

XAVIER, Ismail. A invenção do estilo em Glauber Rocha e seu legado para o cinema político. In: Peter W. Schulze e Peter B. Schuman (org.). Glauber Rocha e as culturas na América Latina. Frankfurt am Main: TFM, 2011. p.15-26.

XAVIER, Ismail. Prefácio. In: ROCHA, Glauber. Revisão Crítica do cinema novo. São Paulo: Cosac Naify, 2003.

Publicado
2021-11-05