Chrome Music Lab como ferramenta de apoio ao ensino de música na educação básica

  • Jeimely Heep Bornholdt UNINTER
  • Eduardo Luiz Beise Ulrich UNINTER

Resumo

Desde o fim de 2019 (e no início de 2020, no Brasil), as sociedades experimentam reformulações necessárias para enfrentar a pandemia da SARS-CoV-2. Por conta disto, o espaço escolar deslocou-se para o ambiente digital para manter as atividades estudantis. Neste contexto, professores precisaram e precisam desenvolver novas habilidades, apropriar-se de ferramentas digitais para o ensino escolar remoto, presencial e/ou híbrido. O Chrome Music Lab é uma dessas ferramentas e apresenta uma gama de “experimentos” que podem ser inseridos à prática educativa no ensino de música. Este artigo verifica o uso do Chrome Music Lab para a educação musical no contexto escolar, analisando principalmente dois trabalhos que apresentam sua aplicabilidade: a dissertação A atividade musical como ponte para o contacto com as ciências da computação (SARMENTO, 2019)  e o artigo Ambientes virtuais de aprendizagem e educação musical: possibilidades para o desenvolvimento de competências e habilidades da base nacional comum curricular (SANTOS, 2020). Portanto, esta é uma pesquisa bibliográfica com abordagem qualitativa e caráter exploratório. Percebem-se, a partir dos trabalhos analisados, o potencial pedagógico da ferramenta para atender à demanda de fundamentação dos componentes da teoria musical, além da possibilidade de experimentação musical e desenvolvimento criativo. 

Palavras-chave: educação musical; educação básica; ferramentas digitais; chrome music lab.

Abstract

Since the end of 2019 (and the beginning of 2020 in Brazil), societies have experienced necessary reformulations to face the SARS-CoV-2 pandemic. Therefore, school’s space has shifted to the digital environment to maintain student activities. In this context, teachers needed and need to develop new skills, to appropriate digital tools for remote, face-to-face and/or hybrid school teaching. Chrome Music Lab is one of these tools and presents a range of “experiments” that can be inserted into educational practice in music teaching. This article verifies Chrome Music Lab use for music education in school context, analyzing mainly two works that present its applicability: the dissertation A atividade musical como ponte para o contacto com as ciências da computação (SARMENTO, 2019) and the article Ambientes virtuais de aprendizagem e educação musical: possibilidades para o desenvolvimento de competências e habilidades da base nacional comum curricular (SANTOS, 2020). Thus, this is bibliographic research with a qualitative approach and exploratory character. Based on the analyzed works, the pedagogical potential of the tool is perceived to meet the demand of fundamentation of musical theory components, in addition to the possibility of musical experimentation and creative development.

Keywords: music education; basic education; digital tools; chrome music lab.

Resumen

Desde el final de 2019 (e inicio de 2020 en Brasil), las sociedades experimentan reformulaciones necesarias para enfrentar la pandemia del SARS-CoV-2.  Por ello, el espacio escolar se desplazó para el ambiente digital para mantener las actividades estudiantiles. En ese contexto, profesores necesitaron y necesitan desarrollar nuevas habilidades, apropiarse de herramientas digitales para la enseñanza escolar a distancia, presencial y/o híbrida. El Chrome Music Lab es una de esas herramientas y presenta una variedad de “experimentos” que pueden ser incluidos en la práctica educativa de la enseñanza de música. Este artículo verifica el uso del Chrome Music Lab en la educación musical en contexto escolar, analizando principalmente dos trabajos, seleccionados por su aplicabilidad: la tesis La actividad musical como puente para el contacto con las ciencias de la computación (SARMIENTO, 2019) y el artículo Ambientes virtuales de aprendizaje y educación musical: posibilidades para el desarrollo de competencias y habilidades de la base común curricular (SANTOS, 2020). Por lo tanto, esta es una investigación bibliográfica con orientación cualitativa y carácter exploratorio. Se percibe, a partir de los trabajos analizados, el potencial pedagógico de la herramienta para atender a la demanda de fundamentación de los componentes de la teoría musical, además de la posibilidad de experimentación musical y desarrollo creativo.

Palabras-clave: educación musical; educación básica; herramientas digitales; chrome music lab.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeimely Heep Bornholdt, UNINTER

Mestre em Música pela UFPR. Especialista em Educação Musical – CENSUPEG. Graduada em Pedagogia pelo Centro Universitário Internacional UNINTER; Graduada em Música pela UFSM.

Eduardo Luiz Beise Ulrich, UNINTER

Licenciando do curso de Licenciatura em Música pelo Centro Universitário Internacional UNINTER.

Referências

BARROS, Matheus Henrique da Fonsêca. Educação musical, tecnologias e pandemia: reflexões e sugestões para o ensino remoto emergencial de música. OuvirOUver, Uberlância, v. 16, n. 1, p. 292-304, 24 jul. 2020.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/abase/#fundamental/arte. Acesso em: 16 fev. 2022.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo (orgs.). Métodos de Pesquisa. 1. ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

MANUAL DE ESTÁGIO supervisionado híbrido 2021: área de linguagens cultural e corporal — Iniciação Científica. Curitiba: UNINTER, 2021.

MENDES, Alexandre. TIC – Muita gente está comentando, mas você sabe o que é? Portal iMaster. [S.l.], 27 mar. 2008. Disponível em: https://imasters.com.br/devsecops/tic-muita-gente-esta-comentando-mas-voce-sabe-o-que-e. Acesso em: 16 fev. 2022.

SANTOS, Cassiano Lima da Silveira. Ambientes virtuais de aprendizagem e educação musical: possibilidades para o desenvolvimento de competências e habilidades da base nacional comum curricular. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIAS | ENCONTRO DE PESQUISADORES EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, São Carlos, 2020. Anais... São Carlos: UFSCar, 24-28 ago. 2020. Disponível em: https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1228. Acesso em: 16 fev. 2022.

SARMENTO, Pedro Pereira. A atividade musical como ponte para o contacto com as ciências da computação. 2019. Dissertação (Mestrado em Multimédia) — Faculdade de Engenharia, Belas, Ciências, Economia e Letras, Universidade do Porto, Porto, 2019.

SILVA, Gislene Victoria. Tecnologias midiáticas como estratégia de apoio ao ensino de música na educação básica. 2017. Dissertação (Mestrado em Mídia e Tecnologia) — Faculdade de Artes, Arquitetura e Comunicação, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Bauru, 2017.

Publicado
2022-03-10