O papel do pedagogo na promoção das metodologias ativas no ensino médio

  • Ellen Luana Pilat Centro Universitário Internacional UNINTER
  • Vanessa Queirós Alves

Resumo

O problema desta pesquisa surge da inquietude sobre a forma como o pedagogo pode colaborar com a implantação das metodologias ativas no ensino médio, levando em consideração que a escola precisa se adaptar e acompanhar as transformações e necessidades do mundo contemporâneo. O trabalho foi elaborado a partir de uma pesquisa bibliográfica de caráter qualitativo, realizada em artigos, livros e sites, que analisou os aportes de Maziero e Brito (2015); Araujo, Vieira, Klem e Kresciglova (2017); Valente, Almeida e Geraldini (2017); Bacich (2020); Alves (2019); Hellinger (2016); Morán, (2013). O artigo divide-se em três partes; a primeira aborda a importância das tecnologias e metodologias ativas — com alguns exemplos —, e seu embasamento na BNCC; a segunda esboça o papel do pedagogo na orientação das famílias e da comunidade escolar e apresenta algumas propostas de articulação entre essas instâncias. A terceira demostra o papel do pedagogo frente aos professores e alunos nas práticas de ensino-aprendizagem. A pesquisa revela a necessidade de formação continuada para professores, cursos e suporte para pais e estudantes, além de mudança no currículo para a implantação de tecnologias e metodologias ativas no ensino médio.

Palavras-chave: tecnologia; metodologias ativas; ensino médio; papel do pedagogo.

Abstract

The problem of this research arises from the concern about how the pedagogue can collaborate with the implementation of active methodologies in high school, considering that the school needs to adapt and follow the transformations and needs of the contemporary world. The work was prepared from a qualitative bibliographic research, carried out in articles, books, and websites, which analyzed the contributions of Maziero and Brito (2015); Araujo, Vieira, Klem and Kresciglova (2017); Valente, Almeida and Geraldini (2017); Bacich (2020); Alves (2019); Hellinger (2016); Morán, (2013). The article is divided into three parts; the first addresses the importance of active technologies and methodologies — with some examples —, and their foundation in the BNCC; the second outlines the role of the pedagogue in the guidance of families and the school community and presents some proposals for articulation between these contexts. The third demonstrates the role of the pedagogue in relation to teachers and students in teaching-learning practices. The research reveals the need for continuing education for teachers, courses, and support for parents and students, as well as a change in the curriculum for the implementation of active technologies and methodologies in high school.

Keywords: technology; active methodologies; high school; the role of the pedagogue.

Resumen

El problema de esta investigación surge de la inquietud sobre la forma como el pedagogo puede colaborar para la implantación de las metodologías activas en la educación media, considerándose que la escuela necesita adaptarse y acompañar las transformaciones y necesidades del mundo contemporáneo. El trabajo fue elaborado a partir de investigación bibliográfica de carácter cualitativo, realizada en artículos, libros y sites, que analizó los aportes de Maziero y Brito (2015); Araujo, Vieira, Klem y Kresciglova (2017); Valente, Almeida y Geraldini (2017); Bacich (2020); Alves (2019); Hellinger (2016); Morán, (2013). El artículo se divide en tres partes; la primera trata la importancia de las tecnologías y metodologías activas — con algunos ejemplos —, y su fundamentación en las BNCC; la segunda retrata el rol del pedagogo en la orientación de las familias y de la comunidad escolar y presenta algunas propuestas de articulación entre esas instancias. La tercera demuestra el rol del pedagogo frente a profesores y alumnos en las prácticas de enseñanza-aprendizaje. La investigación revela la necesidad de formación continua para profesores, cursos y soporte para padres y estudiantes, además de cambio en el currículo, para la implantación de tecnologías y metodologías activas en la educación media.

Palabras-clave: tecnología; metodologías activas; educación media; rol del pedagogo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ellen Luana Pilat, Centro Universitário Internacional UNINTER

Licenciada em Pedagogia pelo Centro Universitário Internacional UNINTER.

Vanessa Queirós Alves

Mestre em Educação. Professora no Centro Universitário Internacional UNINTER.

Referências

ALVES, Vanessa Queiróz. O uso de tecnologias e metodologias ativas no ensino de história: contextualizando práticas pedagógicas no ensino médio. Cadernos de Educação Básica, v. 5, n. 2, 2020.

ARAUJO Sérgio Paulino de; VIEIRA Vanessa Dantas; KLEM, Suelen Cristina dos Santos; KRESCIGLOVA, Silvana Binde. Tecnologia na educação: contexto histórico, papel e diversidade. In: Jornada de Didática, 4., Seminário de Pesquisa do CEMAD, 3., 2017, Londrina – PR. Anais [...]. Londrina: UEL, 2017. Disponível em: http://www.uel.br/eventos/jornadadidatica/pages/arquivos/IV%20Jornada%20de%20Didatica%20Docencia%20na%20Contemporaneidade%20e%20III%20Seminario%20de%20Pesquisa%20do%20CEMAD/TECNOLOGIA%20NA%20EDUCACAO%20CONTEXTO%20HISTORICO%20PAPEL%20E%20DIVERSIDADE.pdf. Acesso em: 19 jul. 2021.

BACICH, Lilian. implementação do ensino híbrido: o que considerar? Inovação na educação, [s. l.], 29 de novembro de 2020. Disponível em: https://lilianbacich.com/ Acesso em: 16 jul. 2021.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Acesso em: 14 jun. 2021.

CORDEIRO, Karolina Maria de Araújo. O impacto da pandemia na educação: a utilização da tecnologia como ferramenta de ensino. 2020. Disponível em: http://idaam.siteworks.com.br/jspui/bitstream/prefix/1157/1/O%20IMPACTO%20DA%20PANDEMIA%20NA%20EDUCA%C3%87%C3%83O%20A%20UTILIZA%C3%87%C3%83O%20DA%20TECNOLOGIA%20COMO%20FERRAMENTA%20DE%20ENSINO.pdf Acesso em: 26 jul. 2021.

EDUCA+BRASIL. Ensino Médio. [S. d.]. Disponível em: https://www.educamaisbrasil.com.br/etapa-de-formacao-e-series/ensino-medio. Acesso em: 26 jul. 2021.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

HELLINGER, Karey Schmidt Jurgensen. Professor pedagogo: mediador do diálogo entre a escola e a família. Caderno PDE, Rio Negro – PR, v. 1, 2016. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2016/2016_pdp_ped_utfpr_kareyschmidtjurgensen.pdf. Acesso em: 26 jul. 2021.

KRAVISKI, Mariane Regina. Formar-se para formar: formação continuada de professores da educação superior — em serviço — em metodologias ativas e ensino híbrido. 2019. 133 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação e Novas Tecnologias) – Centro Universitário Internacional UNINTER, Curitiba – PR, 2019. Disponível em: https://www.uninter.com/mestrado/wp-content/uploads/2019/07/Disserta%C3%A7%C3%A3o-Final_Mariane-Regina-Kraviski.pdf Acesso em: 29 jul. 2021.

MACHADO, João Luís de Almeida. Os pais e as tecnologias educacionais. Planeta educação, São José dos Campos – SP, 2018. Disponível em: https://www.plannetaeducacao.com.br/portal/a/15/os-pais-e-as-tecnologias-educacionais. Acesso em: 27 jul. 2021.

MAZIERO, Stela Maris Britto; BRITO, Glaucia da Silva. Conceitos de tecnologia e cultura digital: implicações no cotidiano das escolas do Paraná. In: EDUCERE, 12., 2015, Curitiba-PR. Anais [...]. Curitiba: PUCPR, 2015. Disponível em: https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2015/18524_8602.pdf. Acesso em: 19 jun. 2021.

MORÁN, José. Mudando a educação com metodologias ativas. Blog José Morán – Educação Transformadora, UEPG, Ponta Grossa, 2013a. (Coleção Mídias Contemporâneas. Convergências Midiáticas, Educação e Cidadania: aproximações jovens, 2). Disponível em: http://www2.eca.usp.br/moran/wp-content/uploads/2013/12/mudando_moran.pdf. Acesso em: 19 jun. 2021.

MORÁN, José. Metodologias ativas para uma aprendizagem mais profunda. Blog José Morán – Educação Transformadora, UEPG, Ponta Grossa, 2013b. Disponível em: http://www2.eca.usp.br/moran/wp-content/uploads/2013/12/metodologias_moran1.pdf. Acesso em: 19 jun. 2021.

NADOLNY, Clarilda Cordeiro. Papel do pedagogo na escola: importância, avanços e retrocessos. 2016. 25 f. Monografia (Especialização em Coordenação Pedagógica) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2016. Disponível em: https://www.acervodigital.ufpr.br/bitstream/handle/1884/53150/R%20-%20E%20-%20CLARILDA%20CORDEIRO%20NALDONY.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 29 jul. 2021.

SANTOS, José Carlos do. O papel do pedagogo no espaço escolar. 2014. 23 f. Monografia (Especialização em Coordenação Pedagógica) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2014. Disponível em: https://www.acervodigital.ufpr.br/bitstream/handle/1884/47106/R%20-%20E%20-%20JOSE%20CARLOS%20COSTA%20DOS%20SANTOS.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 29 jul. 2021.

SCHENINI, Fatima. Interação entre pais e escola é fundamental para o ensino. Ministério da Educação, Brasília, c2018. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/component/tags/tag/escola-de-pais. Acesso em: 4 ago. 2021.

SECRETARIA DA EDUCAÇÃO lança Escola de Pais on-line. Prefeitura Municipal de Curitiba. Curitiba, 2021. Disponível em: https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/secretaria-da-educacao-lanca-escola-de-pais-on-line/58407. Acesso em: 4 ago. 2021.

VALENTE, José Armando; ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de; GERALDINI, Alexandra Fogli Serpa. Metodologias ativas: das concepções às práticas em distintos níveis de ensino. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 17, n. 52, p. 455-478, out./dez. 2017. Acesso em: 25 jun. 2021.

Publicado
2022-05-20