Produtos da Indústria Cultural: as telenovelas bíblicas invadindo a sala de aula

  • José Lúcio N. Júnior UNINTER/UNISUAM
  • Valéria Pilão UNINTER - Escola Superior de Educação - Área de Humanidades

Resumo

Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa sobre obras audiovisuais bíblicas (telenovelas, seriados e minisséries). Objetiva-se examinar as características de tais obras por meio do conceito de Indústria Cultural; ademais, analisam-se as possibilidades de utilizá-las como ferramentas pedagógicas. A pesquisa foi construída interdisciplinarmente, a partir da interseção de diferentes campos das Ciências Sociais — História, Sociologia e Estudos Culturais. Quanto à metodologia, trata-se de uma revisão de literatura, com abordagem qualitativa. Conclui-se que o professor pode utilizar telenovelas e minisséries bíblicas como ferramentas didáticas em sua aula; entretanto, é essencial que o docente compreenda que a cultura de massa tem como um de seus objetivos normatizar determinados valores e visões de mundo, relacionados à ideologia das organizações que controlam esses conglomerados midiáticos.

Palavras-chave: Estudos Culturais; audiovisuais; cultura de massa.

Abstract

This article presents the results of research about biblical audiovisual works (soap operas, serials, and miniseries). The objective is to examine the characteristics of such works through the concept of Cultural Industry; moreover, the possibilities of using them as pedagogical tools are analyzed. The research was built in an interdisciplinary way, from the intersection of different fields of Social Sciences — History, Sociology, and Cultural Studies. As for the methodology, it is a literature review with a qualitative approach. It is concluded that the teachers can use soap operas and biblical miniseries as teaching tools in their class; however, it is essential that teachers understand that mass culture has as one of its goals to standardize certain values and worldviews, related to the ideology of the organizations that control these media conglomerates.

Keywords: Cultural Studies; audiovisuals; mass culture.

Resumen

Este artículo presenta los resultados de una investigación sobre obras audiovisuales bíblicas (telenovelas, series y miniseries). Tiene el objetivo de examinar las características de tales obras por medio del concepto de Industrial Cultural; además, se analizan posibilidades de utilizarlas como herramientas pedagógicas. La investigación se construyó de forma interdisciplinaria, con la intersección de diferentes campos de las Ciencias Sociales – Historia, Sociología y Estudios Culturales. Respecto a la metodología, se trata de una revisión de la literatura con orientación cualitativa. Se concluye que el profesor puede utilizar telenovelas y miniseries bíblicas como herramientas didácticas en el aula, sin embargo, es esencial que el docente entienda que la cultura de masas tiene entre sus objetivos normalizar ciertos valores y visiones del mundo, relacionados con la ideología de las organizaciones que controlan esos conglomerados de medios de comunicación.

Palabras-clave: Estudios Culturales; audiovisuales; cultura de masas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Lúcio N. Júnior, UNINTER/UNISUAM

Publicação post mortem do discente José Lúcio Nascimento Júnior (12/11/1984 – 01/08/2021). Seu diálogo com as professoras e professores do curso e sua dedicação à graduação de Sociologia foi marcada pelo interesse em compreender a realidade, e o artigo aqui publicado demonstra seu compromisso com o aprendizado. Assim, manifestamos nosso profundo pesar e reafirmamos nosso comprometimento e do aluno com a ciência, por meio da publicação póstuma do seu trabalho.

Valéria Pilão, UNINTER - Escola Superior de Educação - Área de Humanidades

Doutora em Ciências Sociais - UNESP/Marília (2017), mestra em Sociologia pela Universidade Federal do Paraná (2009) e bacharel e licenciada em Ciências Sociais pela UNESP/Marília (2005). Professora universitária do Centro Universitário Internacional UNINTER

Referências

ADORNO, Theodor. Educação e Emancipação. 2. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2020a.

ADORNO, Theodor. Indústria Cultural. São Paulo: UNESP, 2020b.

ADORNO, Theodor; HORKHEIMER, Max. Dialética do Esclarecimento. Rio de Janeiro: Zahar, 2006.

BENJAMIN, Walter. A obra de arte na era da reprodutibilidade técnica [1935]. In: CAPISTRANO, Tadeu (org.) Benjamin e a obra de arte: técnica, imagem e percepção. Rio de Janeiro: Contraponto, 2012, p. 11-42.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf/. Acesso em: 18 out. 2019.

CANCLINI, Nestor Garcia. Consumidores e cidadãos: conflitos multiculturais da globalização. 8. ed. 2ª Reimp. Rio de Janeiro: UFRJ, 2015.

CERTEAU, Michel de. A Cultura no Plural. São Paulo: Papirus, 2003.

CIAVATTA, Maria. Mundo do trabalho em imagens: a fotografia como fonte de pesquisa histórica (Rio de Janeiro, 1900-1930). Rio de Janeiro: FAPERJ / DP&A, 2002

COELHO, Teixeira. O que é indústria cultural? São Paulo: Brasiliense, 1980.

DIAS, Marcia Tosta. Indústria Cultural. In: WILLIAMS, Raymond. Palavras-chave: um vocabulário de cultura e sociedade. São Paulo: Boitempo, 2007, p. 431-433.

FERREIRA, M. dos S. Séries televisivas, regimes de sentido e ensino de História: parâmetros críticos para a construção de séries televisivas históricas não-documentais. 2017. 102 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de História) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, 2017.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

KANAYT, L.; NOAVES, A. Telenovela Bíblica: ficção televisiva e cultura gospel brasileira. In: CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE COMUNICAÇÃO ECLESIAL, 11., 2018, São Paulo. Anais [...]. São Paulo, UNASP, 2018. 14 p.

MINAYO, M. C. de S. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 28. ed. Rio de Janeiro: Vozes, 2013.

NOVAES, L. K. A linguagem como mediação: uma análise de discurso da expressão midiática “telenovela bíblica”. Revista Dispositiva, Belo Horizonte, v. 08, n. 13. 2019. p. 85-101.

SAGREDO, R. De José do Egito ao Os Dez Mandamentos: olhando o Egito Antigo através da TV brasileira. In: SEMANA ACADÊMICA DE HISTÓRIA - Visões de Mundo: história, representações e narrativas, 6., 2015, Florianópolis. Anais [..]. Florianópolis: UDESC, 2015. 10 p.

Publicado
2021-11-05